terça-feira, 28 de março de 2017

PRINCIPAIS PROBLEMAS EM UM CONDOMÍNIO






Compartilhar espaços comuns em condomínios é um grande desafio, lidar com pessoas, com  pensamentos, valores e condutas diferentes realmente é muito complicado.
As principais causas de reclamações entre os vizinhos são: barulho, o uso da garagem, animais, administração do sindico, infiltrações/vazamentos e  a falta de educação de alguns condôminos ao relatarem suas opniões. Com a tecnologia em alta é comum que os condompinos criem grupos de WhatSapp entre os moradores, mas neste caso é importante que se escolha um moderador para conter condôminos mal educados que acabam baixando o nível da discussão.

Convenção bem escrita
Uma boa redação na convenção de condomínio abrangendo todos os problemas e principalmente dando ao sindico poder de punição, através de multas, ajuda muito na hora das decisões.
É importante o processo a presença de um advogado especializado em Direito Imobiliário pois  os artigos 1.336 e 1.337 do Código Civil preveem procedimentos que dificultam a compreensão na hora de  aplicar as multas. O Código Civil prevê multas de até 5 ou 10 vezes o valor do condomínio, mas deixa de graduar a sua aplicação, e isso gera problemas  para o sindico penalizar o condômino infrator.
 
Barulho só é bom para quem faz
As pessoas ao darem uma festa acham que todos os vizinhos devem entrar no clima de bagunça e acabam extrapolando no barulho.
Uma convenção bem redigida dá poder ao sindico de acabar com a bagunça mediante punição e multa ao infrator, dando ainda direito ao acionamento na justiça ( Pelo condomínio ou pelo Condômino) caso o problema não seja sanado.
Animais 
É importante que observe na convenção a permissão ou não de animais domésticos no condomínio. Caso seja permitido cabe aos donos manter o local sempre limpo para evitar mal cheiro ao condomínio, evitar a entrada em elevador junto com outro morador que por ventura tenha medo do animal. Enfim tentar manter uma boa convivência.
Uso da Garagem 
Dois fatores são primordiais na geração de problemas em garagem.
Falta de esclarecimentos na convenção e Falta de educação dos Condôminos. Novamente a arma para sanar o problema está em convenção bem feita, onde se defina cada uma das vagas aos respectivos apartamentos, bem como a quantidade de vagas e a aplicação de multas em caso de descumprimento.
Infiltrações / Vazamentos
O proprietário do apartamento que está com vazamento tem que entender que ele tendo ou não culpa pelo ocorrido, deve assumir os custos pelos reparos no apartamento do vizinho, inclusive danos a móveis se for o caso. Muitas vezes por falta de dinheiro ou ignorância da legislação os casos vão para a justiça, gasta-se horrores e no final além dos prejuízos ainda tem as custas do processo. Sempre o melhor é uma boa conversa e um acordo.
Gestão do Síndico
É importante o síndico lembrar que ele é apenas o gestor de um bem comum a várias outras pessoas, por isso deve satisfação a todos de seus atos e para isso deve deixar à mão de todos as atas de reuniões e decisões tomadas. Para evitar reclamações, a ata deve ser redigida no momento da realização da assembleia, devendo ser respeitado o direito dos presentes fazerem constar a sua manifestação, sem distorções, esta, deve retratar a verdade e os fatos como acabaram de ocorrer. Tendo o síndico qualquer dificuldade para resolver as questões jurídicas, contábeis ou de engenharia, este tem o direito de contratar e consultar especialista cabendo esse custo ao condomínio, pois este é o maior interessado no acerto das decisões do seu representante. Dessa maneira, a síndico terá maior credibilidade e respaldo para administrar o condomínio.
Obs.: Se você não tem uma conta do Google, comente como: Nome/URL

quinta-feira, 23 de março de 2017

COELHO AO CRAVO DA ÍNDIA - Clube da Esquina

  

 Ingredientes:
01 coelho
sal gosto
01 cebola
 05 dentes de alho
1/2 pimentão médio
caldo de galinha a gosto
folhas de manjericão verde
10 cravos da índia
200 g de creme de leite
02 copos de vinho branco seco Risling

Preparo:
Cortar o coelho em pedaços e temperar com sal, alho e 1/2 copo de vinho branco Risling e reservar por 01 hora. Dobre em uma caçarola cebola, alho e pimentão (tudo picadinho), no final, acrescente 1/2 tablete de caldo de galinha. Colocar o coelho, 10 cravos da índia e mais um copo de vinho Risling deixe cozinhar até o coelho ficar macio.Acrescente no final o creme de leite.
ACOMPANHA: Arroz com passas e batatas no azeite.

Obs.: Se você não tem uma conta do Google, comente como: Nome/URL

MINHA CASA MINHA VIDA 2017 - O QUE MUDOU?

 
Saiba o que mudou no MCMV ( Minha Casa Minha Vida ) 3ª etapa - 2017

terça-feira, 21 de março de 2017

VOU CASAR! COMPRO MEU IMÓVEL OU NÃO?





No começo tudo são flores, já dizia o sábio. Pensando desta forma vários casais de namorados ou noivos resolvem comprar seu imóvel dos  sonhos antes mesmo de casar, mas se este relacionamento termina antes do casamento, este sonho pode se transformar em um verdadeiro pesadelo.  Basta que uma das partes não aceite o fim do relacionamento para começar a usar o empreendimento afrontando a outra parte ou até mesmo a forçando continuar com o relacionamento.
                O ser humano é realmente imprevisível e tem reações diversas só para prejudicar o antigo parceiro. Simplesmente não aceita a venda do imóvel, não compra a outra parte e também não aceita alienar a parte que lhe cabe.
                O casal deve ter clareza em saber que o ônus do imóvel recai sobre os dois ( condomínio, IPTU,  prestações do imóvel caso esteja financiado, água, multas, etc ). Se estes encargos não estiverem pagos a cobrança caiará sobre os dois.
                Por isso é importante a assessoria de jurídica de um especialista em imóveis, para evitar transtornos futuros, inclusive sobre os valores investidos por cada uma das partes, na compra, na reforma e mesmo na compra de móveis.
Obs.: Se você não tem uma conta do Google, comente como: Nome/URL